Dra. Adriana de Góes | Reprodução Humana SP Menu.

Uretrite

Uretrite

A uretra é o canal, presente tanto nos homens como nas mulheres, que liga a bexiga ao meio exterior do corpo humano. É pela uretra que passam a urina e o sêmen ao serem eliminados do corpo humano. A uretrite é uma inflamação da uretra, que pode ser causada por diversos fatores.

A uretrite, assim como outras infecções do trato genital, deve ser investigada, pois pode ser causada por infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), sendo fundamental a prevenção.

Assim como outras afecções dos tratos genitais masculino e feminino, a uretrite, se não tratada e dependendo de sua gravidade, pode levar à infertilidade.

Neste texto, vamos falar sobre as principais causas da doença, os sintomas e como são feitos o diagnóstico e o tratamento.

Causas e prevenção

A uretrite é um termo genérico utilizado para indicar uma infecção que acomete o canal da uretra. Essa infecção pode ser causada por diversos agentes, como bactérias, fungos e vírus.

A uretrite não é uma IST, mas pode ser causada por agentes transmitidos via contato sexual (vaginal, anal e oral). Os mesmos agentes que causam a infecção da uretra podem acometer a faringe e o ânus, por exemplo, assim como outros órgãos, mas, nesse caso, a infecção não é considerada uma uretrite.

Como a maior parte das uretrites é causada pelo contato sexual, a forma de prevenção mais eficaz é a utilização de preservativo.

Se algum sintoma for identificado, é importante procurar um médico e evitar o contato sexual, pois há grandes riscos de transmissão da infecção.

As uretrites com maior prevalência são as bacterianas, que podem ser gonocócicas, causadas pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, ou não gonocócicas, causadas por outros agentes, como a Chlamydia trachomatis e a Escherichia coli.

Existem também outras causas da doença, como, por exemplo:

Uretrites gonocócicas

Uretrite

Uretrite

As uretrites gonocócicas são causadas pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, causadora da gonorreia. Essa doença é mais prevalente em homens porque, como o canal da uretra é o mesmo para a eliminação da urina e do sêmen durante a ejaculação, a contaminação é mais fácil.

Esse tipo de uretrite provoca sintomas mais agressivos e podem diferir entre homens e mulheres.

No homem:

Na mulher:

Na mulher, os agentes causadores da uretrite podem passar pelo colo do útero e entrar na cavidade uterina, o que pode provocar a doença inflamatória pélvica (DIP) e outras complicações. O tratamento não deve ser protelado.

O diagnóstico é feito com base na descrição dos sintomas, que geralmente são claros. Em casos inconclusivos, geralmente pedimos exames de urina e de análise de secreção da uretra.

Uretrites não gonocócicas

As uretrites não gonocócicas são causadas, principalmente, pelas bactérias Chlamydia trachomatis e Escherichia coli, que geralmente não manifestam sintomas como as uretrites gonocócicas, dificultando o diagnóstico e favorecendo a disseminação da doença. Quando causam sintomas, eles demoram mais a aparecer e são mais leves, portanto a doença pode já ter sido transmitida.

O diagnóstico das uretrites não gonocócicas também é feito com base na descrição dos sintomas, mas eles nem sempre são tão evidentes.

Em qualquer caso, é importante procurar auxílio médico e iniciar o tratamento o mais rápido possível, porque as chances de transmissão pelo contato sexual são altas.

Tratamento

Como na maioria dos casos a uretrite é causada por bactérias, o tratamento é feito com antibióticos.

O médico avalia os sintomas e os resultados dos exames, se for o caso, para prescrever a medicação e a posologia mais adequadas.

É importante que o casal procure tratamento simultaneamente e evite o contato sexual durante o tratamento, pois tanto o homem como a mulher podem ser contaminados novamente, mesmo depois de um tratamento bem-sucedido. Portanto, a prevenção é fundamental.

Se a infecção não for tratada adequadamente, pode causar infertilidade e outras complicações.

Compartilhe:

Faça um comentário

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Infertilidade masculina: sintomas e como identificar

A infertilidade afeta 15% dos casais pelo mundo, e a infertilidade masculina é responsável por […]

Leia +

Contato

Rua do Rócio, 423 - Conjunto 1.406 Vila Olímpia | São Paulo-SP CEP 04552-000

(11) 4750-1170

(11) 99507-9291

Scroll