Dra. Adriana de Góes | Reprodução Humana SP | WhatsApp
Dra. Adriana de Góes | Reprodução Humana SP Menu.
Reprodução Humana

Ultrassonografia pélvica

A ultrassonografia pélvica, também denominada ecografia, é um exame de imagem (por emissão de ondas sonoras, não de radiação, como o raio-X) de baixa complexidade e alta sensibilidade. Este exame é amplamente utilizado em reprodução assistida para investigação e diagnóstico de diversas condições e patologias que podem afetar os órgãos da região pélvica feminina (útero, tubas uterinas, ovários e bexiga), assim como para acompanhar o desenvolvimento folicular durante a estimulação ovariana, procedimento realizado em todas as técnicas de reprodução assistida, como a fertilização in vitro (FIV).

Os resultados da ultrassonografia orientam as condutas terapêuticas para o tratamento da infertilidade, inclusive indicação de técnicas de reprodução assistida para aumentar as chances de gravidez.

Na ginecologia, a ultrassonografia também é um recurso obrigatório durante o pré-natal para monitorar o desenvolvimento do bebê no útero materno.

Neste texto, vamos abordar os tipos de ultrassonografias, como são realizados e as indicações.

Tipos de ultrassonografias

Existem diversos tipos de ultrassonografias: transvaginal, suprapúbica (ambas são ultrassonografias pélvicas, pois investigam essa área do corpo humano), de mama, de tireoide, obstétrica, ortopédica, entre muitas outras. Cada uma delas utiliza um instrumento (transdutores) específico, considerando o tipo de investigação a ser realizada.

Para a reprodução assistida, os dois tipos mais importantes de ultrassonografia são a transvaginal e a suprapúbica. A primeira é realizada pelo canal vaginal e a segunda é feita externamente, pelo abdômen da paciente.

Ultrassonografia transvaginal

A ultrassonografia pélvica transvaginal é um exame de imagem que pode ser realizado em consultório médico, para avaliação interna dos órgãos da região pélvica e diagnóstico de possíveis causas de infertilidade. A proximidade do transdutor dos órgãos pélvicos possibilita imagens com melhor definição que o exame via abdominal.

Não há necessidade de preparo para o exame. É realizado em posição ginecológica. A sonda é revestida com preservativo e utilizado gel lubrificante para introdução do aparelho (transdutor) pelo canal vaginal.

A sonda emite ondas sonoras, que fazem o mapeamento de todos os órgãos da região. As imagens são formadas em um monitor para que sejam avaliadas.

Esse exame tem duração aproximada de 10 a 20 minutos, mas pode ser mais demorado, em casos de investigação de endometriose.

Não há necessidade de cuidados especiais após o exame.

Existe uma modalidade de ultrassonografia para a investigação da endometriose. O exame é denominado ultrassonografia especializada para endometriose. Esse exame requer preparo intestinal prévio. Trata-se de uma técnica para o diagnóstico e mapeamento minucioso dos focos da doença, orientando a conduta terapêutica.

Ultrassonografia suprapúbica via abdominal

A ultrassonografia suprapúbica não requer preparo. A mulher deve estar apenas com a bexiga cheia para facilitar a visualização dos órgãos.

Essa modalidade de ultrassonografia pode ser realizada em consultório médico e complementa os achados do exame via transvaginal. Aplica-se um gel no abdômen da mulher para facilitar a movimentação do transdutor neste local.

Esse exame também tem duração aproximada de 10 a 20 minutos, podendo ser mais demorado, dependendo da investigação.

Não há necessidade de cuidados especiais após o exame.

Indicações

A ultrassonografia pode ser indicada para diversos tipos de investigação e cada vez mais tem sua aplicabilidade clínica ampliada com uma nova tecnologia.

No âmbito da reprodução assistida, as principais indicações são:

A ultrassonografia pélvica é um exame de baixa complexidade que oferece muitas possibilidades de investigação para diagnóstico de condições e patologias que afetam a região pélvica feminina. De modo geral, não requer preparo, internação nem cuidados especiais posteriores. Não há contraindicações e pode ser indicada para diversas finalidades diagnósticas.

Compartilhe:

Faça um comentário
Se inscrever
Notificação de
23 Comentários
mais antigo
o mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
natasha
1 ano atrás

a ultrassonografia pélvica suprapúbica serve também para ver uma gestação de já 11 semanas?

CAROLINE DOS REIS MACHADO
1 ano atrás

Precisava fazer ultrassom morfológica mais não estou achando onde faço. Eu poderia fazer essa ultrassonografia pélvica??

Dra. Adriana de Góes
1 ano atrás

Olá, Caroline!

O ultrassom pélvico é diferente do ultrassom morfológico, aconselho que entre em contato com o médico que solicitou o exame para verificar o laboratório que tem disponibilidade para fazer este exame. Em São Paulo os laboratórios estão funcionando normalmente.

Abraço!

Raissa
1 ano atrás

A ultrassonografia pélvica mostra de uma pessoa é virgem ou não?

Dra. Adriana de Góes
1 ano atrás
Reply to  Raissa

Olá, Raissa

O objetivo da ultrassonografia pélvica não é verificar se ouve ou não início da atividade sexual, isso não é demonstrado a partir deste exame.

Lia
11 meses atrás

oi, tudo bem? preciso de ajuda. Quero iniciar minha vida sexual, mas minha mãe é muito conservadora, e eu quero muito saber, eu faço ultrassom pélvica 1 vez ao ano, e se eu perder a virgindade, vai mostrar alguma alteração? Vão poder ver que eu não sou mais virgem?

Dra. Adriana de Góes
8 meses atrás
Reply to  Lia

Olá, Lia, tudo bem?

Apenas se você for fazer ultrassonografia transvaginal ou a médica for colher o papa nicolau, pois ambos os exames não são feitos em mulheres virgens, pois pode romper o himen.

Lembrando de sempre cuidar da sua saúde com as devidas precauções durante a relação sexual, e depois que se inicia a vida sexual é importante fazer axames de rotina com seu ginecologista.

Claudia
11 meses atrás

Uma criança de 10 anos, em tratamento puberdade fez dois ultrassom pélvicos, fez para ver tamanho útero, não se visualizou ovário esquerdo, em diferentes épocas de 10 meses para cada exame realizado, é normal não visualizar um ovário no exame de ultrassom? Porque nos dois não foi visualizado…

Dra. Adriana de Góes
8 meses atrás
Reply to  Claudia

Olá, Claudia!

Os ovários podem deixar de ser vistos em um ultrassom pélvico via abdominal exatamente pelo tamanho reduzido antes da puberdade, o fato de não identificar os ovários não significa um problema.

Abraços!

Rosângela
10 meses atrás

A ultrassonografia pélvica pode alterar o tempo da gestação pra mais ou menos mesmo?

Dra. Adriana de Góes
8 meses atrás
Reply to  Rosângela

Rosângela, tudo bem?

A ultrassonografia pélvica é indicada para avaliação da idade gestacional no início da gestação (primeiro trimestre), após esse período existem uma chance de erro em função da técnica.



Atenciosamente

Gabriela
10 meses atrás

Com o ultrassom pélvico, posso descobrir qual a disfunção que me acarreta ter acne adulta aos 26 anos?

Dra. Adriana de Góes
8 meses atrás
Reply to  Gabriela

Olá, Gabriela, tudo bom?

Mais importante que exames de ultrassom são os exames hormonais, eles são necessários para verificar possíveis distúrbios hormonais relacionados a acne.

Atenciosamente,

Maria Clara
10 meses atrás

Quem ainda é virgem pode fazer a ultrassonografia pélvica?

Dra. Adriana de Góes
8 meses atrás
Reply to  Maria Clara

Olá, Maria Clara!

A ultrassonografia pélvica transvaginal pode romper o hímem entãp não é indicada para quam é virgem. Porém converse com a sua médica, caso ela tenha solicitado o exame.

Atenciosamente

Wendy Marianny
10 meses atrás

Olá, bom dia!
A ultrassom suprapubica pode ser realizada com a paciente menstruada?

Dra. Adriana de Góes
8 meses atrás
Reply to  Wendy Marianny

Olá Wendy, tudo bem?

Não há nenhuma contraindicação esse exame.

Atenciosamente,

Hellen
10 meses atrás

A ultrassonografia pélvica pode ser feita por mulheres virgem?

Dra. Adriana de Góes
8 meses atrás
Reply to  Hellen

Olá Helen, tudo bem?

Apenas se você for fazer ultrassonografia transvaginal ou a médica for colher o papa nicolau, pois ambos os exames não são feitos em mulheres virgens, pois pode romper o hímen.

Lembrando de sempre cuidar da sua saúde com as devidas precauções durante a relação sexual, e depois que se inicia a vida sexual é importante fazer exames de rotina com seu ginecologista.

Atenciosamente,

Eu fiz uma ecografia pélvica e a médica disse que está tudo bem mas eu continuo com dores abdominais o que pode ser por favor ajude-me obrigada pela atenção

Adriana
1 mês atrás

A ultrassonografia pélvica mostra se a gente é virgem ou não no resultado?

Editor
1 mês atrás
Reply to  Adriana

Olá,

Não, esse não é o objetivo da ultrassonografia pélvica, essa informação não sai no resultado do exame.

Atenciosamente,

Pólipos endometriais e infertilidade feminina

Pólipos endometriais são uma das mais frequentes doenças uterinas, afetando principalmente mulheres durante a menopausa, […]

Leia +

Contato

Rua do Rócio, 423 - Conjunto 1.406 Vila Olímpia | São Paulo-SP CEP 04552-000

(11) 4750-1170

(11) 99507-9291

Scroll